Televendas: 11 4226-5509
WhatsApp: 11 99948-2568
INDÚSTRIA
BRASILEIRA
ATENDEMOS TODO O BRASIL
E AMÉRICA LATINA
FABRICAMOS
SOB MEDIDA
FINANCIAMOS EM
ATÉ 48x via BNDES
Fale conosco
SOLICITE SEU ORÇAMENTO
NÓS LIGAMOS PARA VOCÊ

    Nome

    Telefone

    E-mail

    INDÚSTRIA
    BRASILEIRA
    ATENDEMOS TODO O BRASIL
    E AMÉRICA LATINA
    FABRICAMOS
    SOB MEDIDA
    FINANCIAMOS EM
    ATÉ 48x via BNDES

    Campo magnético de áudio auxilia na acessibilidade

    Experimento é criado para pessoas com deficiência auditiva

    Uma proclamação do prefeito de Fallera, cidade da Espanha, marcou uma nova forma de melhorar a acessibilidade de deficientes auditivos que possuem implante coclear. Além do discurso de Rubén Alfaro, também houve a proclamação do Major Falleras de Elda e suas Damas de Honra.

    O evento ocorreu no Teatro Castelar, que já conta com o sistema de loops magnéticos, um tipo de ferramenta que foi implementada em outubro do ano passado no Plenário. Além disso, também para contribuir com a melhora da acessibilidade, houve a incorporação de intérprete em língua de sinais durante as sessões plenárias.

    Teatro Castelar
    Teatro Castelar

    A Conselheira para os Serviços Sociais da cidade, Alba García, revelou em entrevistas a importância desse experimento com magnetismo, já que “em espaços amplos ou abertos o som é degradado pela distância e pelo ruído de fundo”.

    Isso faz com que aquelas pessoas que tenham certos tipos de deficiências auditivas fiquem incapazes de ouvir com a clareza que é necessária.

    Para evitar que isso aconteça, os sistemas instalados são responsáveis por criar um campo magnético de áudio no Teatro Castelar. Assim, dessa maneira, quando o usuário ativar a posição “T” de sua prótese, o som chegará com a mesma qualidade da fonte de emissão.

    Esse tipo de utilização do magnetismo representa um avanço no campo da saúde, abrindo horizontes para novas aplicações em acessibilidade.

    Andressa Luz