Televendas: 11 4226-5509
WhatsApp: 11 99948-2568
INDÚSTRIA
BRASILEIRA
ATENDEMOS TODO O BRASIL
E AMÉRICA LATINA
FABRICAMOS
SOB MEDIDA
FINANCIAMOS EM
ATÉ 48x via BNDES

Sabia que ímãs podem se comportar como gatos?

Recentemente descoberto, um fenômeno físico existente em decorrência da física relativística de Einstein, que é responsável por fazer com que um ímã se comporte como se fosse um gato.

Mas, como assim?

É muito simples! Os ímãs são capazes de girarem no ar, torcendo diferentes partes de seu corpo em diferentes direções para cair de pé. Eles podem contorcer-se e até mesmo mudar suas polaridades a partir do movimento interno dos seus próprios elétrons.

Isso faz com que seja possível controlar eletricamente o movimento dos ímãs, promovendo mais eficiência em suas funcionalidades, como, por exemplo, o armazenamento de informações digitais e à computação.

No campo da pesquisa científica, essa área é conhecida como spintrônica, com o conceito de que uma corrente elétrica que passa pelo ímã faça com que seja alterada a direção dos materiais magnéticos.

O responsável por essa descoberta é o professor Jairo Sinova, da Universidade Johannes Gutenberg, na Alemanha, que juntamente com sua equipe identificou um novo composto magnético que apresenta o efeito de torque spin-órbita a temperatura ambiente.

novo composto magnético
novo composto magnético

Antes disso, o torque spin-órbita já havia sido demonstrado, no ano de 2013, mas ocorria em temperaturas muito baixas.

Andressa Luz